Horário de Atendimento: Segunda à Sexta das 8h às 19h e Sábados das 8h às 12h

8 ERROS que comentemos no cuidado da saúde bucal.

8 ERROS que comentemos no cuidado da saúde bucal.
20 Mar

8 ERROS que comentemos no cuidado da saúde bucal.

O Grupo MedSim, com as suas clínicas dentárias Brasdente e DenteSim, de Caxias do Sul, Farroupilha, Canela e Vacaria, no Rio Grande do Sul, orienta e traz informações importantes para a saúde pública bucal.

1- FORÇAR A ESCOVA NOS DENTES.

Ao forçar demais a escova de dentes no momento da escovação, as cerdas dobram-se e removem mal a placa . Além disso, pode causar danos às gengivas . Por isso escolher uma escova de dentes e um creme dental adequado, bem como escovar corretamente os dentes, irão fazer bastante diferença no resultado dos cuidados e da saúde da sua boca.

2- NÃO SABER SOBRE A ALIMENTAÇÃO.

Todos sabemos sobre a conexão de doces e cáries, mas poucas pessoas pensam sobre o fato de que, para a saúde dos dentes, você precisa comer regularmente alimentos que contenham cálcio, fósforo e flúor

Aqui estão alguns deles.

Produtos contendo cálcio : Lácteos - casca de vegetais - frutas - peixe - feijão.

Produtos que contenham fósforo : Peixe - cereais - nozes - lentilhas

O flúor vem principalmente da água, então, se você mora em uma região onde a água contém pouco flúor, use produtos fluorados - leite, sal, etc.

3- APENAS ESCOVAR BEM VÁRIAS VEZES AO DIA.

A escova de dentes, independentemente da sua qualidade e rigidez, não pode remover toda a placa, portanto, antes de limpar, é necessário limpar o espaço interdental com fio dental. Para neutralizar a ação das bactérias remanescentes, onde a escova de dentes e o fio não alcançam, enxágue a boca com um enxaguante bucal.

4- NÃO DAR A MESMA IMPORTÂNCIA ÀS GENGIVAS.

Se as gengivas são fracas e não há sangue suficiente, isso pode levar à periodontite: começam a sangrar, inflamam-se, tornam-se frágeis, abrem espaço entre os dentes, os dentes afrouxam gradualmente e, eventualmente, caem.

Para fortalecer as gengivas e melhorar o suprimento de sangue, massageie-os com uma escova ou através de movimentos leves de dedos circulares. Coma alimentos sólidos , mastigue bem. Se as gengivas estão propensas a sangrar, visite um especialista - ele irá prescrever medicamentos especiais para fortalecê-los.

5- TÁTARO - POR FORA NÃO APARECE, ENTÃO DEPOIS VEJO.

A pedra dentária é uma formação difícil e áspera nos dentes, que consiste em sais minerais e restos de alimentos. Tem uma cor amarelada e não é REMOVIDO com uma escova de dentes. Tais depósitos podem se formar sob a gengiva . O tártaro adora micróbios, além de aprofundar os "bolsos" em torno de cada dente e enfraquece os tecidos que mantêm o dente na gengiva. Isso pode levar à periodontite e perda de dente subseqüente.

Remover o tártaro é indispensável e só pode ser feito por um dentista. Faça limpeza profissional pelo menos uma vez por ano.

6- USAR APARELHO ORTODÔNTICO À ESSA ALTURA?

Muitas pessoas acreditam que é somente na adolescência que o uso de aparelhos corrigem vários aspectos na saúde bucal. Mas não é assim. Talvez o processo leve um pouco mais de tempo, mas uma dentição uniforme não é apenas bonita, permite que você mantenha a saúde dos dentes durante muito mais tempo, inclusive por estarem aglomerados e/ou muito apertados, demora-se mais para perceber alguma cárie ou problema a ser corrigido.

Preocupe-se com a sua aparência seja qual for a idade, porque além da melhora na auto estima, a saúde bucal agradece. Procure um especialista e agende uma consulta com o ortodontista.

7- MASTIGAR APENAS DE UM LADO POR CAUSA DE ALGUMA DORZINHA OU SENSIBILIDADE.

Mastigar em um lado do maxilar leva à sobrecarga dos dentes , eles começam a desgastar e a deteriorar-se. E os dentes do lado "não trabalhados" são enfraquecidos e não submetidos à limpeza mecânica necessária . Além disso, o trabalho das articulações do maxilar muda, com o tempo pode causar sensações dolorosas e até mesmo problemas com a audição.

Se você tem um lado "favorito", tente aprender a mastigar uniformemente em ambos os lados. Não se esqueça de comer alimentos sólidos - por exemplo, vegetais e frutas - que fortalecem os dentes.

8- NA INFÂNCIA NÃO PRECISO ME PREOCUPAR, OS DENTES CAEM.

Alguns pais pensam que não faz sentido cuidar muito dos dentes de leite (decíduos), porque são temporários. Mas a criança precisa aprender isso desde a infância - os dentes caem e o hábito permanecerá. Escovar os dentes por pelo menos 3 minutos, movendo-se para cima e para baixo, além de ser higiênico vira um hábito saudável.

O esmalte dos primeiros molares na criança não é tão forte como no adulto, e os sulcos (fissuras) nos dentes de mastigação são mais sinuosos e profundos, portanto, as partículas de alimentos são mais dificeis de sair pela escova de dentes. Ensine seu filho a prestar atenção especial à limpeza dos dentes de mastigação e, se possível, selar as fissuras (este preenchimento dos sulcos com uma solução de endurecimento especial que protege os dentes das cáries e é eliminada com o tempo.


Voltar para a Listagem